Dispor de capital para investir no crescimento da empresa sem precisar buscar financiamentos e empréstimos com taxas de juros altas e prazo de pagamento reduzido é o objetivo de grande parte dos empresários no Brasil.

Uma das opções que vem se mostrando interessante ao empresário é o sale-laseback. Essa operação consiste em uma transição imobiliária, que transforma o capital imobilizado da empresa em recursos líquidos. Isso tudo com agilidade, segurança e taxas mais atrativas que as encontradas nos empréstimos tradicionais de giro.

O processo de sale-laseback é relativamente simples, a empresa proprietária do bem imóvel, vende este para um investidor, que irá aluga-lo novamente à empresa. Neste processo a empresa continua suas operações normalmente no imóvel e o recurso proveniente da venda entra como caixa para novos investimentos dentro da própria empresa, além de diversos benefícios financeiros e operacionais.

“Além de ser uma opção para investir no crescimento da empresa, o sale-laseback pode ser utilizado também em processos de Fusões e Aquisições, proporcionando crescimento exponencial para a empresa investidora, já que essa a partir da aquisição, irá incorporar novos produtos, tecnologias e clientes para sua base, aumentando sua participação no mercado.”

Por ser uma forma rápida e barata de se obter o capital necessário para os novos projetos, o sale-laseback tem crescido rapidamente em nosso país e empresas de grande porte tem aproveitado as facilidades do processo e o momento de mercado para investirem em suas bases e expandir suas operações. Além disso, as empresas aproveitam-se dos benefícios fiscais, uma vez que a locação é despesa dedutível da base do imposto de renda.