O artigo de hoje traz um resumo rápido da entrevista concedida por Stephen Kelly, presidente da maior companhia de software do Reino Unido, à Revista Exame desta quinzena.

Stephen Kelly trabalha há 30 anos com pequenas e média empresas no Reino Unido e liderou um programa de incentivos à empreendedores britânicos. Em recente visita à São Paulo ele falou sobre a importância das PME’s para a economia brasileira sair da recessão.

Para ele, de longe hoje o principal problema do Brasil é o desemprego e com a atual situação das contas públicas, o governo não vai ser um grande criador de vagas daqui para a frente.  Também não é provável que as grandes empresas façam contratações significantes no curto prazo. Por isso o motor do crescimento são as PME’s.

Apesar das dificuldades impostas pela recessão, ele defende que os períodos de crise podem ser oportunos para impulsionar a inovação, criam oportunidades para os empreendedores, principalmente porque a desvalorização da moeda faz com que os ativos se tornem mais baratos – gerando novos negócios.

Qual a receita?

A receita recomendada por ele é que o governo deveria adotar medidas para facilitar a contratação de pequenas empresas. Se você é um empreendedor sem experiência no setor público, tudo é muito difícil e complicado no começo.

Só para citar um exemplo, no Reino Unido o governo criou um site que reúne centenas de fornecedores de tecnologia que estão aptos a ser contratados por órgãos públicos. Isso melhorou muito o acesso de pequenas e medias empresas às licitações. Por outro lado, a medida beneficiou também o próprio governo com a ampliação do número de fornecedores.

Outra medida que também poderia contribuir bastante com as pequenas e medias empresas, seria agilizar o pagamento por parte de grandes empresas à pequenos fornecedores. Isso poderia ajudar significativamente o fluxo de caixa, uma vez que a grande dificuldade das pequenas empresas é justamente equilibrar o fluxo de caixa. Resolvido o problema, as pequenas empresas ficariam livres para focar no negócio e crescer.

Se você quer tornar-se empreendedor, reduzindo o tempo para atingir os melhores resultados, consulte as oportunidades de empresas à venda. Essa é a melhor forma de reduzir os riscos e atingir o sucesso em um curto período de tempo.